Jump to Content
Jump to Navigation

Email This Post Email This Post

Desidentificação

” Unir o útil ao agradável” … ” Juntou a fome com a vontade de comer ” !

Esses ditados podem ter um significado que indique que existe um gancho que sustenta uma relação por objetivos comuns.

Esses objetivos podem ser saudáveis, quando sustentam práticas onde dois ou mais envolvidos tenham ganhos reais com aquela vivência ou troca. Mas também pode ocorrer de, nas relações, vestirmos determinadas máscaras que compõe direitinho com o cenário da peça teatral encenada no palco da nossa vida, onde podemos ser vítimas, adulador, reclamador, inquisidor, crítico, cobrador, encrequeiro, sedutor, ” bonzinho ” … e sempre vivemos e assistimos histórias dramáticas nesse espetáculo.

Até que, num despertar, resolvemos não viver mais aquele papel e todo o elenco, acostumado e envolvido naquela história, sofre com a perda daquele ator que resolveu encontrar a sua verdade.

Tudo oque é ilusório ou falso na sua vida está se consumindo … a verdade é o estado do ser, não é um conhecimento. Ela é desvendada e vivida quando você elimina todos os obstáculos e resistências que impedem de viver quem você é. A verdade é a frequência vibratória mais elevada de um campo- pensamento em harmonia com sua mais profunda presença. “

Na ilustração projeto de reforma de uma edícula ( que abrigava uma churrasqueira ) para um Espaço Gourmet para casal e seus dois filhos. Cada um dos integrantes foi ouvido com relação as suas ” verdades ” e coube à nós a tarefa de filtrarmos todos os quereres para então chegar à um resultado que atenda aos objetivos comuns familiar.


One Response to “Desidentificação”

  1. Fátima Lee Says:

    Ca, essas reformas incluindo espaços que abrigavam “churrasqueiras” estão tornando-se especialidades, ne? Principalmente no quesito ‘harmonia”!!!! Beijo!


Sugestões e Comentários

Seus dados:

Escreva aqui:

Current day month ye@r *